Forma como a matemática é apresentada aos alunos deve ser revista

Professora da USP esclarece por que a disciplina sofre recusa e o que é necessário para mudar essa situação

  • 109
  •  
  •  
  •  
  •  

A matemática é uma matéria que costuma sofrer preconceito por parte das crianças e dos adolescentes. É comum ouvir de estudantes frases como “odeio matemática”, “matemática é impossível”, “não entendo nada”. Apesar de algumas pessoas dizerem que é uma ciência completamente abstrata, ela está intrinsecamente ligada à nossa rotina e é fundamental para o funcionamento da sociedade.

A professora Bárbara Valério, do Instituto de Matemática e Estatística da USP, esclarece por que essa recusa tão grande acontece e quais alternativas podem ser tomadas para melhorar a situação. Para ela, uma preocupação é a  formação que os professores recebem, pois devem estar preparados para fazer com que o aluno construa o conceito através de atualidades para sua posterior aplicação em fórmulas.

Ouça a entrevista no player acima.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 109
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados