Dossiê aborda questão dos refugiados de forma interdisciplinar

Publicado pela “Revista USP”, Interculturalidades traz reflexões de diferentes áreas sobre o tema

A imigração no mundo globalizado é um assunto constante nos últimos anos. Com a questão dos refugiados em pauta, a edição 114 da Revista USP publicou o dossiê Interculturalidades, que se propõe a discutir o assunto de forma diferenciada. Nele, estão presentes alguns artigos escritos por especialistas de diversas áreas. Os autores são membros ou convidados do Grupo de Pesquisas Diálogos Interculturais do Instituto de Estudos Avançados (IEA) da USP.  A professora Sylvia Dantas, coordenadora do grupo e organizadora do projeto, conta que entre os temas abordados estão a saúde mental dos refugiados, a intolerância que sofrem e os espaços de exclusão no ambiente urbano.

A importância do documento está em refletir sobre a intolerância, a discriminação e o preconceito. Sylvia conta que só assim é possível buscar ações efetivas que impactem sobre a realidade dos imigrantes. O Brasil, na teoria, tem políticas exemplares para acolher os refugiados. Na prática, no entanto, são ações civis que acabam sendo as protagonistas nessa causa, como projetos de ONGs. Para a professora, um argumento importante em busca da conscientização da causa é lembrar que qualquer um pode se tornar refugiado.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

Textos relacionados