Crescimento desordenado das cidades provoca diversos problemas

O meio ambiente e a população periférica são os mais afetados pela falta de planejamento urbano

 03/10/2019 - Publicado há 3 anos
Por

Grandes cidades como São Paulo continuam a crescer e a expandir seu território de maneira desigual e desordenada. Com isso, diversos problemas surgem em consequência dos vários anos de falta de planejamento. A professora Ana Claudia Castilho Barone, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), explica que fatores como investimento público e concentração econômica interferem na organização e no crescimento urbano.  

Ana conta que áreas mais ricas, que sobretudo centralizam grandes empresas e corporações, tendem a disputar e receber maiores investimentos públicos, e essa realidade acaba por prejudicar toda a população que não está inserida nesses centros, principalmente as que vivem na periferia.  Com o meio ambiente não é diferente –  devido ao avanço desenfreado da ocupação urbana, diversas áreas de risco que necessitam de preservação ficam suscetíveis e trazem problemas, como deslizamento de terra, para os moradores. 

Segundo a professora, uma possível solução para os problemas ambientais está no adensamento, ou seja, um melhor aproveitamento das áreas já urbanizadas que apresentam diversos imóveis e terrenos desocupados. Esses espaços poderiam abrigar famílias que poderiam ser deslocadas das áreas de risco.

Ouça a entrevista no link acima.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica e o Instituto de Estudos Avançados. No ar, pela Rede USP de Rádio, de segunda a sexta-feira: 1ª edição das 7h30 às 9h, com apresentação de Roxane Ré, e demais edições às 14h, 15h e às 16h45. Em Ribeirão Preto, a edição regional vai ao ar das 12 às 12h30, com apresentação de Mel Vieira e Ferraz Junior. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo do Jornal da USP no celular. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.