Certos tipos de conservante podem oferecer risco a crianças pequenas

Caso dos parabenos, desreguladores endócrinos, que são tema da coluna de José Eli da Veiga

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

O professor José Eli da Veiga refere-se aos parabenos, conservantes que impedem a proliferação de micro-organismos que, caso se desenvolvam, reduzem o tempo de vida útil de um produto. “Você prefere um produto duradouro ou que ele seja seguro? No caso de um adulto, o risco pode ser assumido, mas para uma criança, não”, afirma o colunista. Eli da Veiga conta que um de seus ex-alunos – hoje um professor em Brasília –  fez bem ao impedir o uso do produto pela filha de três anos. “Os bebês e, principalmente, os fetos são altamente vulneráveis aos desreguladores endócrinos”, adverte.

De acordo com o colunista, ainda levará tempo para que tenhamos clareza sobre os casos em que os produtos sejam de fato perigosos ou que possam ser usados como conservantes. “As pesquisas ainda são incipientes”, lamenta Eli da Veiga, enfatizando que “há no mercado cerca de 150 mil produtos contendo prováveis desreguladores endócrinos.”

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Sustentáculos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados