Colunista avalia novo e polêmico livro de Gay Talese

O livro, sobre o voyeurismo do dono de um motel, renovou a discussão acerca da ética no jornalismo

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

20161003_talese_colunistacarlos
Foto: Divulgação

O ícone do “Novo Jornalismo”, Gay Talese, publicou recentemente um livro em que relata os episódios de voyeurismo do dono de um motel, com quem se comunicava através de cartas. Talese chegou a participar de algumas das expedições de observação do proprietário do motel.

Logo após o lançamento parcial do livro pela revista The New Yorker, o jornal americano The Washington Post desmentiu algumas das informações fornecidas pela principal fonte de Talese. O mais simbólico é o fato de muitos dos casos relatados pelo dono do motel terem acontecido em períodos em que o estabelecimento não estava sob sua posse. O autor do livro também foi questionado sobre por que não havia informado às autoridades acerca dos casos de invasão de privacidade. O colunista Carlos Eduardo Lins da Silva acredita que ainda haverá um grande debate sobre a ética empregada na produção do livro de Talese.

Acompanhe o comentário completo:

logo_radiousp

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados