Projeto Dietécnica usa redes sociais para falar de alimentação

Iniciativa do curso de Nutrição da USP divulga práticas e técnicas de preparo dos alimentos

Por - Editorias: Extensão
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Foto: Divulgação/Dietécnica
Imagem mostra o efeito gema dos diferentes tempos de cocção dos ovos – Foto: Divulgação/Dietécnica


.
Jaca, figo, carambola, goiaba e maracujá doce são algumas das frutas que, neste mês de janeiro, estão em sua melhor época, ou seja, em seu período de colheita, resultando em produtos mais frescos, saborosos e baratos. A sazonalidade de frutas e hortaliças é uma dica frequente vista por quem acompanha a página do projeto
Dietécnica nas redes sociais.

A iniciativa nasceu na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP, com a proposta de contribuir na formação de alunos do curso de Nutrição e, ao mesmo tempo, levar para fora da Universidade informações sobre os alimentos – desde as técnicas de preparo, tabela nutricional, mitos sobre os ingredientes e dicas práticas para quem cozinha.

Os temas surgem a partir das aulas da graduação, principalmente da disciplina de Técnica Dietética, dedicada a apresentar formas de pesagem de alimentos, métodos de cozimento e preparo, os equipamentos utilizados na cozinha, uso de condimentos, informações contidas nos rótulos, entre outros dados importantes envolvidos na preparação de alimentos. É o que explica a estudante do quinto ano de Nutrição Fernanda Ferreira dos Santos, bolsista do projeto que atualiza tanto a página no Facebook como o blog. Além das aulas, livros sobre química dos alimentos, nutrição clínica e gastronomia, e também os próprios leitores que acompanham a página, inspiram as postagens.

 .

Imagem: Divulgação/Dietécnica
O experimento realizado pela equipe do Dietécnica mostrou que a absorção de óleo foi semelhante na fritura convencional e na fritadeira elétrica. Já a fritadeira elétrica sem óleo, que utiliza ar em alta velocidade para aquecer o alimento, foi a que apresentou menor absorção – Imagem: Divulgação/Dietécnica

 .

Fernanda também é responsável, atualmente, pela produção de vídeos do projeto. O mais recente deles mostra a diferença de cozimento de bifes submetidos a diferentes temperaturas em três equipamentos: frigideira, grill e grill elétrico. “A decisão pela elaboração de vídeos surgiu da necessidade de aproximar o conteúdo abordado ao leitor de modo mais didático e simplificado, para tornar a comunicação destes assuntos mais dinâmica”, explica a aluna. Ela ressalta que os assuntos sempre vêm acompanhados de textos teóricos e sugestões de leitura, já que a ideia é que a página seja uma fonte de referência no assunto, e não apenas mais uma página que comunica conteúdos relativos a nutrição.

Os vídeos são filmados no Laboratório de Técnica Dietética da FSP, local que dispõe de bancadas e equipamentos para preparo de alimentos e experimentos. Lá os estudantes aprendem a pesar ingredientes, fracionar os alimentos e fazer avaliação sensorial das preparações. A responsável pelo laboratório é a professora Maria Elisabeth Machado Pinto e Silva, que também é coordenadora do Dietécnica.

.

Imagem: Divulgação/Dietécnica
Texto produzido pelo projeto explica como se dá o processo de espessamento característico do preparo de diversos molhos. Clique na imagem para ler – Imagem: Divulgação/Dietécnica

.

Maria Elisabeth conta que o projeto surgiu inicialmente de um programa da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) da USP de apoio à produção de materiais didáticos especiais. “A área de alimentos e preparo está sendo muito explorada atualmente e essa foi uma oportunidade para complementar informações em especial para os alunos do curso de nutrição”, afirma. Segundo a professora, o Dietécnica tem a colaboração de alunos e nutricionistas voluntários que participam das atividades do laboratório de Técnica Dietética e bolsistas do curso de Nutrição.

Mais informações: site https://www.facebook.com/dietecnica e http://dietecnica.blogspot.com.br/

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados