USP se mantém entre as 100 universidades com melhor reputação

Pelo terceiro ano consecutivo, a USP foi classificada entre as 100 universidades com melhor reputação de todo o mundo, de acordo com o 2014 World Reputation Ranking,

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Pelo terceiro ano consecutivo, a USP foi classificada entre as 100 universidades com melhor reputação de todo o mundo, de acordo com o 2014 World Reputation Ranking, elaborado pelo The Times Higher Education, em parceria com a Thomson Reuters, e divulgado no dia 5 de março. A USP foi a única universidade brasileira e latino-americana a figurar nessa classificação, ocupando a posição entre 81-90, o que representa uma ligeira queda em relação ao ano passado, em que a Instituição estava na posição 61-70.

Esse ranking, que está em sua quarta edição, é uma vertente da classificação anual das universidades, elaborada pelo The Times, que envolve 13 critérios (como relação aluno/professor, quantidade de discentes e docentes estrangeiros, número de trabalhos científicos publicados, dinheiro aplicado em pesquisa etc.) e na qual a USP aparece na posição 226-250º.

O World Reputation Ranking se baseou nos resultados de consultas realizadas junto a 10.536 acadêmicos de mais de 133 países. O ranqueamento das instituições foi elaborado tendo como principal critério a excelência na pesquisa e no ensino.

Os pontos para avaliar a reputação são referentes ao número de vezes que uma instituição foi citada pelos entrevistados como sendo a melhor em seus respectivos campos de conhecimento. Os acadêmicos consultados poderiam destacar as universidades que consideravam as mais fortes, regional e globalmente, em suas áreas específicas, dentre mais de seis mil instituições de ensino superior existentes no âmbito mundial.

No dia 6 de março, o presidente da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional, Raul Machado Neto, concedeu entrevista à Rádio Estadão, em que falou sobre essa avaliação (clique aqui para ouvir a entrevista).

A criação da Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional foi aprovada pelo Conselho Universitário no último dia 25 de fevereiro. A Agência substitui a Vice-Reitoria Executiva de Relações Internacionais e tem como finalidade estabelecer estratégias de relacionamento entre a USP, instituições universitárias, órgãos públicos e a sociedade, para suporte à cooperação acadêmica em matéria de ensino, pesquisa, cultura e extensão universitária, no âmbito nacional e internacional.

A Agência será dividida em três áreas: Relações Acadêmicas Internacionais, Relações Acadêmicas Nacionais e Mobilidade Acadêmica.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados