Pró-reitora de Graduação da USP faz palestra para a comunidade sobre INCLUSP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

No sábado, dia 20 de junho, às 15h, a pró-reitora de Graduação da Universidade de São Paulo (USP), Selma Garrido Pimenta, realiza uma palestra sobre o “Programa de Inclusão da Universidade de São Paulo”, no Centro Educacional Unificado (CEU) de Perus.

Nesta palestra, a pró-reitoria de Graduação, que também é professora da Faculdade de Educação (FE) da USP, vai falar sobre o Programa de Inclusão Social da USP (INCLUSP), que combina inclusão social com mérito acadêmico, criado com o objetivo de ampliar o acesso e a permanência do estudante da escola pública na universidade, com ações antes, durante e após o vestibular.

No INCLUSP, o aluno que fez todo o ensino médio em escola pública pode obter inscrição gratuita para o vestibular. Na primeira fase, como ação direta na seleção, concede-se bônus de 3% em cada uma das fases para os alunos provenientes da rede pública de ensino; mais 3% de acordo com o seu desempenho no Programa de Avaliação Seriada da USP (PASUSP); e até 6% pela nota do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), alcançando um total de 12% de bonificação. E após, o ingresso na universidade, o estudante pode contar com bolsas de apoio e incentivo para auxiliar sua permanência durante os estudos.

Além da pró-reitora, estará presente também a diretora da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), Sandra Margarida Nitrini, que é uma das unidades da USP com maior número de ingressantes por bônus do INCLUSP, para comentar, entre outras coisas, sobre o desempenho destes alunos na faculdade.

Este evento faz parte do Café Filosófico, que existe há dois anos no Jardim Miriam, zona sul de São Paulo, e neste ano também está acontecendo no bairro de Perus, zona oeste, com o título “Direito à memória e outros temas”. Ele é organizado por alunos do curso de filosofia e história da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), através do Programa Especial de Tutoria (PET) da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em conjunto com a sociedade civil, como o Fórum de Educação de Perus, do qual fazem parte professores da rede pública, por exemplo.

A organização do PET é responsável por convidar especialistas (da USP e de outras instituições) para palestras e debates com a sociedade, com o intuito de aproximar a universidade da comunidade e a juventude da história recente do país de uma maneira crítica, e desenvolver projetos de extensão universitária fora dos muros da universidade. Neste ano já foram realizadas cinco palestras em Perus, cujos temas são escolhidos entre os alunos do PET e a comunidade, em constante discussão sobre os interesses e problemas da sociedade. As próximas serão da professora Marilena de Souza Chauí, Francisco Capuano Scarlato e Rose Satiko Gitirana Hikiji, todos da FFLCH.

O CEU Perus está localizado na Rua Bernardo José de Lorena, s/n – Perus.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail