Cientistas da Califórnia fazem visita à USP em São Carlos

Grupo da Universidade de Fullerton já conhecia o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação e planeja trabalhos em conjunto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Da esquerda para a direita - Matthew Salkin, Jacob Cupul, Charles Lee, Elias Helou Neto e Luiz Ramirez
Da esquerda para a direita – Matthew Salkin, Jacob Cupul, Charles Lee, Elias Helou Neto e Luiz Ramirez

Quatro pesquisadores da Universidade de Fullerton (Califórnia, Estados Unidos), estão em São Carlos desde o dia 16 de janeiro a convite do Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI) do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP. O professor Charles Lee, do Departamento de Matemática, veio acompanhado pelos alunos de mestrado Matthew Salkin, Luiz Ramirez e Jacob Cupul.

“Nós estivemos aqui em maio do ano passado para conhecer o ICMC. São seis blocos de um instituto estudando matemática, e isso nos deixou fascinados. Por isso, voltamos agora e estamos analisando as chances de desenvolvermos trabalhos em conjunto”, conta o professor Lee.

Elias Helou Neto, professor do ICMC e pesquisador do CeMEAI, está acompanhando o grupo. Helou desenvolve um trabalho no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas, que tem muito a ver com os estudos dos pesquisadores de Fullerton.

“Estamos trabalhando com técnicas de reconstrução de imagens. Mais especificamente, buscamos algoritmos mais rápidos para reconstruir imagens de raio X. É um trabalho muito desafiador, porque não é algo que estudamos na nossa grade de aulas, mas é muito bom estudar algo além do que já vimos sobre matemática e tem sido um prazer trabalhar com o professor Helou. O trabalho dele é impressionante. Fiquei particularmente deslumbrado com a matemática que é desenvolvida aqui”, salienta Cupul.

Luiz Ramirez foi outro a elogiar o trabalho do pesquisador do CeMEAI. “O professor tem muito conhecimento sobre o assunto. O projeto é algo que nunca vimos antes e a linguagem de programação não é muito familiar para nós, mas com certeza estamos tendo a ajuda de que precisamos”, comenta.

Os pesquisadores ficam em São Carlos até o dia 19 de janeiro e ainda visitam o LNLS, em Campinas, no dia 20, antes de voltarem para os Estados Unidos. Para eles, apesar de curta, a viagem tem sido muito proveitosa. “Com o trabalho, nós queremos conseguir um algoritmo mais rápido, mas não é só isso. Também queremos expandir nossos horizontes, aprender coisas novas e trabalhar em países diferentes e com pessoas diferentes”, diz Salkin. “O projeto é novo, mas começou muito bem. Espero que possamos voltar e que professores daqui nos visitem em Fullerton para criarmos uma relação que seja boa para os dois lados”, finaliza o professor Lee.

Sobre o CeMEAI

O Centro de Ciências Matemáticas Aplicadas à Indústria (CeMEAI), com sede no Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids) financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

O CeMEAI é estruturado para promover o uso de ciências matemáticas como um recurso industrial em quatro áreas básicas: Otimização Aplicada e Pesquisa Operacional, Mecânica de Fluidos Computacional, Modelagem de Risco, Inteligência Computacional e Engenharia de Software.

Além do ICMC, o Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET) da UFSCar, o Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC) da Unicamp, o Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) e a Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT), ambos da Unesp, o Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP e o Instituto de Aeronáutica e Espaço compõem o CeMEAI como instituições associadas.

Por Leonardo Zacarin, da Assessoria de Comunicação do CeMEAI

Mais informações: Assessoria de Comunicação do CeMEAI (16) 3373-6609 ou e-mail conatocemeai@icmc.usp.br

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados