Projeto disponibiliza aulas de prevenção de drogas para jovens

Desenvolvidos pelo “Dr. Bartô”, cursos sobre álcool e tabaco fazem parte de disciplinas do ensino fundamental

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

A prevenção ao uso e abuso de drogas na infância e na adolescência é uma área que recebe atenção insuficiente das políticas públicas no Brasil ainda hoje. A avaliação é de João Paulo Becker Lotufo, doutor em Pediatria pela Faculdade de Medicina da USP e responsável pelo Dr. Bartô e os Doutores da Saúde, que, pensando em contrariar essa tendência, criou um projeto de prevenção de álcool e tabaco para estudantes do ensino fundamental.

Como forma de viabilizar e disseminar o programa preventivo, pedagogos ligados ao projeto Dr. Bartô desenvolveram planos de aula sobre drogas que se encaixam ao currículo escolar dos alunos dos 6º, 7º, 8º e 9º anos. Os cursos foram pensados para serem incorporados nas disciplinas comuns do ensino fundamental: português, matemática, ciências, história, geografia, artes, inglês e educação física. Ao todo, são 64 aulas, disponíveis para acesso no site do Dr. Bartô.

Lotufo conta que essa fase da vida dos jovens requer atenção especial das famílias e dos profissionais. Sendo esse um período de desenvolvimento cerebral, em que o organismo está mais propenso a reações e à dependência química, é interessante retardar a experimentação de substâncias danosas. O professor ressalta a importância de não tratar a questão de forma pontual: a orientação dos jovens deve ser um processo contínuo e repetitivo. Até por isso, o projeto ainda deve se desenvolver, com o planejamento de aulas para o ensino médio e tradução dos cadernos para as línguas inglesa e espanhola.

Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular. Você pode ouvir a entrevista completa no player acima.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados