Indústria do tabaco mira interesses na África

Foi por conta disso que a 17ª Conferência Mundial sobre Tabaco ou Saúde foi realizada lá, segundo o dr. Lotufo

A 17ª Conferência Mundial sobre Tabaco ou Saúde, encerrada no mês passado, foi realizada na Cidade do Cabo, na África do Sul. Por que a escolha do continente africano para sediar um evento dessa natureza? Quem responde é o professor João Paulo Becker Lotufo: “Foi realizada na África porque a indústria do tabaco está indo para África e para Ásia, ou seja, ela está perdendo espaço aqui do nosso lado. Nós, por exemplo, éramos 30% de fumantes no País, hoje somos 10%”. Na África, ainda não existe o temor das doenças relacionadas ao tabaco – os problemas de saúde de lá são de outra ordem.

Uma grande preocupação do encontro, segundo o Dr. Bartô, foram os jovens. A ideia é encontrar formas para que cada vez menos jovens sejam iniciados no uso do tabaco. Acompanhe, na íntegra, a coluna Doutor Bartô e os Doutores da Saúde, clicando no link acima.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.