Professor da USP comenta pedido de cassação de Cunha

O professor Peres da Silva acha difícil Cunha reverter o processo de cassação

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Conselho de Ética da Câmara vota cassação de Eduardo Cunha - Foto: Alex Ferreira / Fotos Públicas
Conselho de Ética da Câmara vota cassação de Eduardo Cunha – Foto: Alex Ferreira / Fotos Públicas

Está em todos os jornais, e é o grande destaque do noticiário político desta quarta-feira, a aprovação,  por 11 votos contra nove,  pelo Conselho de Ética da Câmara, do relatório que pede a cassação do mandato de Eduardo Cunha, presidente afastado daquela casa. Os parlamentares endossaram o texto de Marcos Rogério (DEM-RO), que defende que Cunha perca o mandato por quebra de decoro parlamentar.

No entanto, segundo as agências de notícias, Cunha só perderá o mandato se o plenário da Câmara confirmar o parecer do Conselho com o voto de pelo menos 257 dos 512 parlamentares. A votação é aberta, mas não deve ocorrer em menos de três semanas, devido aos prazos de publicação do resultado e de recursos à Comissão de Constituição e Justiça.

A Rádio USP ouviu sobre o tema o professor Glauco Peres da Silva, do Departamento de Ciência Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Em sua opinião, o governo Temer está numa situação difícil, porque, embora Cunha pressionasse o presidente interino por um lado, por outro o ajudava a formar maioria no Congresso.

O professor falou para a Rádio USP em entrevista ao jornalista Fabio Rubira e ao radialista Gilberto Rocha Jr.

Ouça a seguir:

logo_radiousp

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados