Taxa básica de juros tem nova queda

Comitê de Política Monetária do Banco Central reduziu, a 7,5%, a taxa básica de juros

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail
A estabilização dos impostos decorre de uma crise política, mas assinala um reflorescimento comercial – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

As expectativas do mercado se confirmaram. O Copom, que é o Comitê de Política Monetária do Banco Central, decidiu  cortar a taxa básica de juros, a Selic, em 0,75 ponto porcentual. A taxa baixou de 8,25% para 7,5% ao ano. Esse foi o nono corte seguido da Selic, que vem caindo desde outubro do ano passado. Com isso, a taxa de juros iguala seu segundo menor nível na história, atingido entre abril e maio de 2013.

Segundo o professor Alberto Borges Matias,  da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP de Ribeirão Preto, a taxa deve fechar o ano em 7% e deve se manter estável nesse patamar em 2018 . Para o professor, o fato de o governo estar às voltas com a crise política impede a adoção de medidas que atrapalhem a economia, como o aumento de impostos, por exemplo.

Para ele, o otimismo que começa a tomar conta do empresariado tem sustentação pelos vários indicadores econômicos que se mostram positivos, mesmo que timidamente. E a redução da taxa Selic está entre esses indicadores. O professor destaca, inclusive, o crescente apetite dos investidores internacionais pelo Brasil.

Por Ferraz Junior

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn1Print this pageEmail

Textos relacionados