Surto de febre amarela pode se espalhar pelo País

Para professor da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, apesar das ocorrências, controle, como a vacina, é eficaz

Por - Editorias: Atualidades, Rádio USP
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Acompanhe a entrevista do jornalista Ferraz Jr. com o professor Benedito Lopes da Fonseca (FM-RP/USP):

logo_radiousp790px
.

Foto: James Gathany via Wikimedia Commons
Aedes aegypti é um dos vetores intermediários do vírus da febre amarela – Foto: James Gathany via Wikimedia Commons

A Febre Amarela volta com força nesse início de ano. Em Ribeirão Preto, uma morte causada pela doença foi confirmada depois de mais de 30 anos. Em Minas Gerais, há um surto da Febre Amarela. O risco de um surto da doença se espalhar pelo País existe, mas não é caso para desespero.

Para o professor Benedito Lopes da Fonseca, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, especialista no assunto, apesar dessas ocorrências, os mecanismos de controle, como a vacina, são eficazes.

 

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados