“Compliance” bancário deve ser estimulado pela aplicação das leis

Articulação entre órgãos fiscalizadores e reguladores é fundamental para que a legislação seja cumprida

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn20Print this pageEmail

Os programas de compliance não têm grande adesão no Brasil. O professor da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto, Eduardo Saad Diniz, conta que as pesquisas recentes mostram uma participação de apenas 14% do mercado a programas de compliance. No entanto, as instituições financeiras correspondem a 88% desse total. Para ele, isso revela como o setor bancário se mobilizou nessa questão.

Contudo, o professor analisa que, no Brasil,  o que falta é uma aplicação efetiva das leis que tratam do compliance. Segundo ele, é necessário uma maior articulação entre os órgãos reguladores e fiscalizadores para que a legislação seja cumprida.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn20Print this pageEmail