Estudo da USP busca voluntários para pesquisa sobre desenvolvimento da fala em bebês

Objetivo é realizar a tradução para o português brasileiro, adaptação e normatização de questionário internacional sobre desenvolvimento da fala em bebês

 30/06/2022 - Publicado há 2 meses
Foto: Pixabay

.
Pais ou responsáveis por crianças com idade entre 0 e 18 meses estão convidados a participar como voluntários numa pesquisa da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP, que visa à normatização de um questionário sobre o desenvolvimento inicial da fala. Para participar da pesquisa o voluntário precisa responder o questionário on-line neste link.

A pesquisa é denominada Tradução, Adaptação Transcultural e Normatização do instrumento LittlEARS® Early Speech Production Questionnaire para o português brasileiro. A proposta do trabalho é realizar a adaptação e normatização do questionário para o português brasileiro para ser usado em fins clínicos, acadêmicos e de pesquisa no Brasil.

O questionário foi desenvolvido fora do Brasil e para ser usado em nosso contexto foram realizadas etapas de tradução e adaptação necessárias no texto. No momento a pesquisa está em seu último estágio, que é a aplicação do questionário no público-alvo para que o mesmo seja normatizado para a nossa língua e contexto.

O estudo pretende identificar as etapas iniciais do desenvolvimento, que são importantes para a aquisição de fala de crianças nos primeiros meses de vida com deficiência auditiva, a partir da versão que será traduzida, adaptada e normatizada do questionário LittlEARS.

A pesquisa é conduzida pelo aluno Luiz Claudio Daniel da Silva, mestrando do Programa de Pós-Graduação em Fonoaudiologia da FOB-USP, com a orientação da professora doutora do Departamento de Fonoaudiologia, Adriane Lima Mortari Moret.

Para participar do estudo basta acessar o questionário on-line.

.

Assessoria de Comunicação do Campus da USP em Bauru

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.