USP oferecerá monitoria de matemática a mais de 5,5 mil alunos da rede pública

Com início dia 5 de outubro, universitários atuarão como monitores on-line de premiados do programa Vem pra USP!

  • 4.9K
  •  
  •  
  •  
  •  
  1. Arte sobre foto de Elza Fiúza / Agência Brasília via Fotos Públicas / CC BY-NC 2.0

.
A 
partir de 5 de outubro, alunos do ensino médio e técnico da rede pública do Estado de São Paulo terão monitoria de matemática pela internet. Inicialmente, serão disponibilizadas 60 videoaulas gravadas e outras ao vivo, exercícios e resumos teóricos. Os estudantes poderão tirar suas dúvidas on-line com monitores da USP, obter dicas de como se organizar para estudar e conversar com outros usuários em um fórum de interação.

A monitoria é destinada aos 5.593 alunos que participaram e foram premiados nas edições 2017 e 2018 da Competição USP de Conhecimentos (CUCo). O desafio integra o programa Vem pra USP!, uma parceria com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo para valorizar os estudantes da rede pública, incentivá-los a estudar na Universidade e prepará-los para o vestibular.

Na CUCo, os alunos resolvem duas provas aplicadas pela Fuvest, a mesma fundação responsável pelo vestibular da USP. A primeira é on-line, com testes de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais, ciências e matemática. Aqueles com melhor desempenho avançam para a segunda fase, que é presencial, e o conteúdo inclui testes de português, matemática, ciências e atualidades. Os mais bem classificados dos três anos de ensino recebem prêmios.

Na edição deste ano, 49.018 estudantes de 2.743 escolas públicas participaram da competição. Dessas, 2.092 tiveram alunos premiados. A abrangência de cidades que receberam provas da CUCo atingiu 82% do Estado, dos 645 municípios, 528 realizaram o exame.

Em relação ao perfil dos inscritos, a maioria era mulher (30.142), 48,2% dos participantes se autodeclararam pretos, pardos ou indígenas (PPI) e a renda familiar de 47,1% era inferior a dois salários mínimos.

Entre os 4.233 estudantes premiados, o perfil foi o seguinte: 60,3 % mulheres, 41,5% PPI e 44,1% com renda familiar inferior a dois salários mínimos.

O idealizador do Vem pra USP! e atual vice-reitor da Universidade, Antonio Carlos Hernandes, considera o projeto estratégico para a atual gestão por permitir um maior relacionamento da USP com a sociedade. Além dessa aproximação, ele destaca que os indicadores sociais dos participantes da CUCo demonstram a natureza inclusiva da competição de conhecimentos.

Antonio Carlos Hernandes

A diretriz mais importante para a manutenção desse conceito de inclusão é que a CUCo seleciona e premia alunos de cada escola pública da rede estadual e de cada série. Não se faz ranqueamento geral como em outras competições. A valorização do mérito é centrada em cada escola e para as três séries do ensino médio. Com isso, você enaltece a escola pública e o aluno que se inscreve espontaneamente. Nosso objetivo é incluir com mérito, prestigiando o esforço individual do estudante”, disse Hernandes.

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Edmund Chada Baracat, o programa Vem pra USP! tem como grande objetivo estimular e trazer os alunos do ensino médio das escolas públicas a estudarem na Universidade. “A Competição USP de Conhecimentos incentiva o aluno desde o primeiro ano do ensino médio a conhecer as diferentes formas de ingresso na USP, possibilitando inclusive a isenção de taxa de inscrição no vestibular.”

.
Reforço de matemática

A monitoria será baseada em aulas disponíveis no Moodle de Extensão da USP, que o estudante premiado acessa com o número do CPF. Na plataforma, haverá exercícios prévios para testar o nível de conhecimento, um resumo teórico sobre o conteúdo de matemática, as 60 videoaulas gravadas e exercícios pós-aula com a correção.

Os vídeos foram produzidos por estudantes da Universidade que trabalham voluntariamente no Cursinho da Poli do Grêmio Politécnico. Parte das aulas foi gravada pelos professores do Instituto de Matemática e Estatística (IME) da USP, Pedro Luiz Fagundes e Cláudio Possani, que também vão contribuir com a elaboração de listas de exercícios.

Alunos resolvem prova da segunda fase da CUCo – Foto: Divulgação

“Se os alunos encontrarem dificuldade para entender o conteúdo ou resolver o exercício, haverá uma agenda na plataforma com os horários de universitários da USP para o atendimento on-line. Os estudantes premiados da rede pública poderão tirar dúvidas sobre as aulas e também de conteúdos ensinados na escola”, explica Herbert Alexandre João, coordenador da CUCo.

O público em geral também poderá acompanhar parte dessas atividades. No canal do programa Vem Pra USP! no YouTube, haverá transmissão de aulas tira-dúvidas e revisão para a prova do vestibular da USP, organizada pela Fuvest.

A primeira aula ao vivo será no dia 5 de outubro e começa às 20 horas, com as boas-vindas do coordenador da CUCo, seguida da resolução de exercícios de revisão de matemática com o licenciado em Ciências Exatas da USP João Gabriel Barbosa.

.
Quem são os monitores

Estudantes de graduação e de pós-graduação do IME, do Instituto de Física (IF) e do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP serão os responsáveis pelo atendimento on-line e pelas gravações de aulas para tirar dúvidas. Eles serão supervisionados pela docente do IME Mary Lilian Lourenço.

Serão de 30 a 40 monitores se revezando para o atendimento. Parte deles são voluntários e outra são graduandos de Licenciatura em Matemática que terão créditos por hora/trabalho para a disciplina Atividades Teórico-Práticas de Aprofundamento. O grupo da licenciatura será coordenado pela professora do IME Daniela Mariz da Silva Vieira.

“A ansiedade dos monitores para iniciar é imensa. É impressionante a capacidade dos alunos do IME, do IF e do IFSC em se mobilizar. Eles acreditam nos alunos de escola pública e querem ajudá-los a ter um maior conhecimento de matemática”, afirma Mary Lilian.

.
Premiação

As aulas e a monitoria em matemática são parte dos prêmios oferecidos pela Competição de Conhecimentos da USP, que incluem certificados, visitas à Universidade, isenção na taxa do vestibular organizado pela Fuvest para alunos do 3º ano e prêmios para escolas e grêmios estudantis.

De acordo com o diretor executivo da Fuvest, Renato Freire, 1.998 alunos premiados pela competição poderão fazer as provas do vestibular 2019 da USP sem precisar pagar a taxa de inscrição de R$ 170. “A CUCo é uma oportunidade do aluno da rede pública se preparar para o vestibular da Fuvest. A isenção da taxa é mais um estímulo para ele fazer o exame e estudar na USP.”

Para as visitas à USP, a partir de 8 de outubro, os alunos premiados podem acessar o site da Fuvest, na área Usuários, onde eles se inscreveram para a CUCo, e escolher as datas e os locais (campus de São Paulo, Ribeirão Preto e São Carlos). Na mesma área, é possível escolher também o tamanho de uma camiseta que eles vão ganhar.

No dia 18 de outubro, às 14h30, a USP realizará a cerimônia de premiação das escolas e grêmios estudantis edição 2018. O evento será no Auditório Dr. Fernão Stella de Rodrigues Germano, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), localizado na área 1 do campus de São Carlos, na Av. Trabalhador São-Carlense, 400.

Como acompanhar as aulas de matemática?

:: As aulas estão disponíveis no site Cursos Extensão

::O acesso é restrito a estudantes premiados na CUCo 2017 e 2018 do 1º, 2º e 3º ano do ensino médio

::No login, localizado na área superior do site, preencher usuário e senha com o número do CPF sem pontos ou traços

::Na tela inicial, abaixo da área “Meus Cursos”, os estudantes devem clicar em “Matemática para o Vestibular – Competição USP de Conhecimentos”

 

Infografia: Larissa Fernandes

 

 

 

  • 4.9K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados