USP irá expandir aula de atividade física na graduação

Nova disciplina foca o estímulo ao esporte para os estudantes; unidades podem participar da reformulação até dia 30 de julho

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Reformulação de disciplina optativa pretende incentivar a prática de atividade física entre estudantes da USP –  Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Em agosto, completa-se um ano do início da disciplina optativa Aspectos Biodinâmicos da Prática Esportiva, uma iniciativa da Pró-Reitoria de Graduação (PRG) e da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP para estimular a integração entre alunos da Universidade e criar a cultura da prática regular de exercícios físicos.

A grande procura de estudantes para cursar a aula – no primeiro semestre deste ano foram  oferecidas 500 vagas -, aliada à diretriz da PRG de incentivo ao esporte, resultou na expansão da matéria prevista para o primeiro semestre de 2017. A proposta é que não haja limitação de vagas e qualquer estudante da USP possa cursá-la, por meio de ferramentas de educação a distância.

De acordo com o pró-reitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes, a reformulação da disciplina buscará atrair principalmente os alunos que não estão inseridos na prática sistemática de atividades esportivas e, principalmente, os alunos que estão ingressando na USP.

“Pretendemos estabelecer por intermédio da disciplina um novo mecanismo de inserção à Universidade, o fortalecimento da identidade institucional e o estabelecimento de mais um canal que auxilie no combate à evasão”, disse Hernandes.

A primeira modificação está no nome, ela se chamará Esporte na Graduação: da Teoria à Prática. Outra mudança é a desvinculação com a EEFE, a proposta é que ela seja organizada por um conjunto de unidades da USP.

As unidades foram convidadas a propor uma aula ou um conjunto de aulas que possam compor a base teórica da disciplina. Os assuntos devem estar relacionados à atividade física para que o aluno gerencie seu programa de exercícios, além de temas na área de esporte que estimulem o desenvolvimento acadêmico profissional dos alunos.

O prazo para os diretores de unidades de ensino da USP manifestarem interesse em participar da formulação da disciplina termina no dia 30 de julho.

Da teoria à prática

A disciplina se estruturará a partir de blocos teóricos e práticos, sendo oferecida virtualmente e presencialmente. A base teórica será organizada em videoaulas que serão disponibilizadas na internet aos estudantes e a qualquer pessoa interessada em praticar atividade física.

Foto: Creative Commons
Foto: Creative Commons

“Serão videoaulas baseadas em temas, a ideia é o aluno desenvolver autonomia em praticar exercício físico. O grande objetivo da disciplina é oferecer ao estudante desde a informação teórica sobre a atividade até a informação prática, por exemplo, de quantos minutos ele precisa correr para que tenha benefício para sua saúde”, explica o professor Júlio Cerca Serrão, vice-diretor da Escola de Educação Física e Esporte e presidente da Comissão de Apoio ao Esporte no Ensino de Graduação.

A integração teórico-prática se dará por intermédio de ações tutoriais desenvolvidas por professores e monitores
bolsistas.

“O estudante terá a oportunidade de ter experiências práticas usando a estrutura dos centros de prática esportiva dos campi da USP e vivenciar várias manifestações de movimentos, para que ele tenha uma formação ampla e verificar a prática esportiva mais relacionada ao seu perfil. E o estudante será tutorado nesta experiência por nossos educadores, eles orientarão sobre as aulas que devem ser assistidas pela internet e, presencialmente, serão orientados sobre como fazer o exercício”, ressalta Serrão.

A nova disciplina Esporte na Graduação: da Teoria à Prática, que ainda está em processo de formulação, poderá ser cursada optativamente por qualquer estudante de graduação da USP e deverá estar disponível no sistema Júpiter no primeiro semestre de 2017. Enquanto isso, a matéria Aspectos Biodinâmicos da Prática Esportiva será mantida.

CAEG

A formulação da nova disciplina está sendo coordenada pela Comissão de Apoio ao Esporte no Ensino de Graduação (CAEG). Ela foi criada pela Pró-Reitoria de Graduação para propor programas, disciplinas optativas livres, editais de fomento, realizar ações que tenham o esporte como agente mediador, e colaborar com a PRG na definição de políticas de valorização do ensino.

Além do professor Serrão, compõem a CAEG: Antonio Herbert Lancha Jr., professor da EEFE; Emílio Miranda, diretor do Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp); João Pedro Stéphano Martins, aluno da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP); João Francisco Vargas Meirelles, estudante da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA); e Daniele Roberto, funcionária da Pró-Reitoria de Graduação.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados