Robô submarino entra em exposição no Museu do Amanhã

Desenvolvido com apoio de instituto sediado na USP, robô Luma estará em mostra sobre as engenhosidades brasileiras

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos, sediado na USP, trabalha para que o robô seja capaz de executar missões de forma autônoma – Foto: Lead/Coppe – UFRJ

Uma exposição para mostrar a criatividade dos brasileiros. Essa é a proposta de Inovanças: criações à brasileira que ficará disponível no Museu do Amanhã, localizado no Rio de Janeiro, até o dia 22 de outubro. Entre as 39 criações exibidas num espaço de 600 m², está o robô submarino Luma, que recebe apoio do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Sistemas Autônomos Cooperativos (InSAC) em seu desenvolvimento.

O Luma é capaz de transitar por túneis subaquáticos longos e estreitos, facilitando o trabalho de mergulhadores em uma possível vistoria ou manutenção embaixo d’água. Sua primeira versão foi criada em 2006 no Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Atualmente, novos estudos estão sendo realizados dentro do InSAC para que, no futuro, o robô seja capaz de executar missões de forma autônoma. À frente dessas pesquisas estão cientistas do Laboratório de Controle e Automação, Engenharia de Aplicação e Desenvolvimento (Lead) da UFRJ, Universidade parceira do InSAC.

Quem desejar ver o Luma de perto basta ir até o Museu do Amanhã, que fica na Praça Mauá, 1, no Centro. Os ingressos custam R$ 20,00 e o funcionamento é de terça-feira a domingo, das 10 às 18 horas.

Da Assessoria de Comunicação do InSAC

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados