Em Assembleia, estudantes da USP aprovam greve geral

Greve estudantil foi aprovada em Assembleia Geral no dia 12 de maio

Na noite do dia 12 de maio, os estudantes da USP decidiram dar início à greve por cotas, permanência e contratações. Segundo o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da USP, entidade representativa dos estudantes da capital como do interior, esta foi a maior assembleia estudantil do ano, e reuniu centenas de estudantes de diversos cursos e unidades na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

A Assembleia Geral dos Estudantes é o fórum máximo de deliberação do DCE.

Segundo o boletim do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp) publicado hoje já estavam em greve os cursos de Enfermagem, Pedagogia e Letras. O prédio de Letras da FFLCH está ocupado por estudantes desde o dia 11, quarta-feira.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.