Hospital das Clínicas completa 75 anos de excelência

Aluísio Segurado, presidente do Instituto Central do HC, conta a história de um dos principais complexos hospitalares do mundo

jorusp

O Hospital das Clínicas está completando 75 anos de história com uma trajetória marcante para o País. Considerado um dos principais complexos hospitalares do mundo, o HC é também centro de excelência na prestação de serviços e na formação de recursos humanos para a saúde, cumprindo os três pilares: ensino, pesquisa e extensão. Na série especial sobre a contribuição da Medicina USP para a sociedade, podemos conhecer a história do complexo.

O professor Aluísio Segurado, diretor da Divisão de Moléstias Infecciosas e Parasitárias e presidente do Instituto Central do HC, conta que a criação do complexo veio da necessidade de instalar um hospital escola no Brasil que seguisse os moldes de universidades americanas. “Durante as primeiras décadas, atividades clínicas, cirúrgicas e a prática de ensino médico eram realizadas na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo”, explica ele ao Jornal USP no Ar.

O HC surgiu apenas com um único prédio, o Instituto Central, em que se abrigavam todas as especialidades médicas. Depois, novos institutos foram sendo criados para abrigar outras especialidades. O Instituto de Psiquiatria e Instituto de Ortopedia e Traumatologia, na década de 50; Instituto de Medicina Física e Reabilitação, Instituto da Criança e do Adolescente e Instituto do Coração, o InCor, na década de 70; Instituto de Radiologia, em 1994; e, o mais recente, Instituto do Câncer, Icesp, em 2008, considerado hoje o maior centro oncológico da América Latina.

Entre os desafios para manter o complexo, Segurado cita como principal a crise de financiamento. A tabela do SUS, por exemplo, não é reajustada de acordo com a inflação do País há 12 anos. Como forma de manutenção, o hospital busca por fontes alternativas de financiamento, como parcerias de pesquisa e com o setor privado. O HC deve ser preservado devido ao seu tamanho e relevância para o Brasil. São 20 mil profissionais colaboradores, 2.500 leitos e cerca de 100 salas cirúrgicas no complexo.

Na próxima segunda-feira (25), ocorrerá um evento comemorativo pelos 75 anos do HC, no auditório da FM, a partir das 10h. Após a comemoração, será inaugurada uma exposição contando a história do complexo elaborada pelo Museu da Faculdade de Medicina.

Ouça a entrevista na íntegra no áudio acima.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP, Faculdade de Medicina e Instituto de Estudos Avançados. Busca aprofundar temas da atualidade de maior repercussão, além de apresentar pesquisas, grupos de estudos e especialistas da Universidade de São Paulo.
No ar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.