Aparelho afere se óculos de sol podem atrapalhar a visão de motoristas

Sistema inédito desenvolvido na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP é capaz de testar, em poucos segundos, se um óculos de sol podem ser usados para dirigir

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

jorusp

Um projeto desenvolvido em pesquisa de mestrado apresentada na Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP é capaz de testar, em poucos segundos, diversos modelos de óculos solares é o tema da entrevista desta semana em Os Novos Cientistas. Na compra do acessório, muitos levam em conta apenas a questão estética, mas o fato é que as lentes de alguns óculos solares podem atrapalhar a visão do motorista.

O projeto do engenheiro eletrônico Artur Loureiro resultou num protótipo que pesa aproximadamente 1,5 quilo (Kg) e o usuário interage com o dispositivo por meio de caixas de som e de uma tela sensível ao toque. Dentro do aparelho, a luz branca de um LED é apontada na direção de uma placa eletrônica composta de um sensor que faz diferentes medições. O teste com os óculos de sol é simples e bastante intuitivo: basta abrir a tampa superior do equipamento e posicionar as lentes do acessório entre o LED e a placa. Depois, é só aguardar alguns segundos.

“Nós queremos chamar a atenção do público para o assunto e instruir a população. Quando as pessoas vão comprar óculos de sol, nem perguntam se o acessório é próprio para dirigir, pois não sabem que essa possibilidade existe. O tema não é difundido.”

Para responder se os óculos estão apropriados para dirigir, o sensor do aparelho mede a chamada transmitância luminosa, que nada mais é do que a quantidade de luz visível que penetra pelas lentes do acessório e chega aos olhos do motorista.

O podcast Os Novos Cientistas vai ao ar toda quinta-feira, às 8 horas, dentro do Jornal da USP no Ar, que é apresentado diariamente pela jornalista Roxane Ré (das 7h30 às 9h30) na Rádio USP FM (93,7 MHz).

Ouça a íntegra do podcast.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados