USP Analisa #90: Especialistas discutem influência da corrida eleitoral na inflação

USP Analisa leva ao ar nesta sexta última parte da entrevista com Nelson Augusto, do Banco Ribeirão Preto, e Rudinei Toneto, da FEA-RP

Por
USP Analisa
USP Analisa
USP Analisa #90: Especialistas discutem influência da corrida eleitoral na inflação
/

As eleições se aproximam e a dúvida que fica é: a corrida eleitoral pode interferir negativamente na inflação ou a alta atual é apenas um pico que tende a cair? Na última parte da entrevista ao USP Analisa sobre o tema, o economista e presidente do Banco Ribeirão Preto, Nelson Rocha Augusto, e o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto da USP Rudinei Toneto Junior respondem a esse questionamento.

Para Toneto Junior, a tendência em relação à inflação é otimista, porém o período eleitoral e o atual governo devem deixar um sério ônus fiscal e um cenário crítico de desmonte de instituições. “A grande preocupação que fica é qual vai ser o Estado que nós vamos ter no final do ano, Estado em termos de desempenho fiscal, de estrutura, um Estado que foi desmontado em áreas-chaves, a questão ambiental, a questão da fiscalização da receita. Os órgãos de fiscalização estão desestruturados, quebrados do ponto de vista fiscal e de estrutura. Então a remontagem das capacidades do Estado é algo de grande dificuldade que se coloca. Mas em termos de inflação eu acho que a tendência é a redução”, diz ele.

Augusto acredita que, após as eleições, o fim da incerteza política deve beneficiar o câmbio e valorizar a moeda nacional. “A gente tem espaço para uma apreciação forte do real, uma caída do dólar, porque depois da eleição, independentemente do que aconteça, a incerteza política cai. A gente não tem mais incerteza porque você já sabe quem ganhou, tanto no Congresso quanto no Executivo. O Congresso, nesse sentido, é extremamente importante porque todas as projeções mostram uma renovação muito relevante, mais de 50% na Câmara e um pedaço bastante grande no Senado. E se você tiver uma política mais crível – política econômica, principalmente – e defendendo as instituições, nós vamos ter entrada de dinheiro de fora”, afirma.

O USP Analisa pode ser acessado na íntegra nas plataformas de podcast Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Deezer e Amazon Music. Para saber mais novidades sobre o programa e outras atividades do IEA-RP, inscreva-se em nosso canal no Telegram.


USP Analisa
O USP Analisa Vai ao ar pela Rádio USP quinzenalmente às sextas-feiras, às 16h:45, e também está disponível nos principais agregadores de podcast. O programa é uma produção conjunta da Rádio USP Ribeirão Preto (107,9 MHz) e do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) da USP. Apresentação e edição: Thaís Cardoso. Produção: João Henrique Rafael Junior. 

 

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.