Saúde Sem Complicações #103: Osteoporose é mais comum em mulheres, mas também pode afetar homens e até crianças

Doença silenciosa que afeta os ossos, a osteoporose não tem cura mas pode ser controlada com tratamento adequado

Jornal da USP no ar: Medicina
Jornal da USP no ar: Medicina
Saúde Sem Complicações #103: Osteoporose é mais comum em mulheres, mas também pode afetar homens e até crianças
/

O podcast Saúde Sem Complicações desta semana recebe a médica Soraya Lopes Sader, do Departamento de Puericultura e Pediatria da Faculdade de Medicina da USP em Ribeirão Preto, para falar sobre osteoporose. Mais comum em indivíduos a partir dos 50 anos de idade, essa doença se caracteriza pela fragilidade dos ossos, tornando-os menos resistentes e consequentemente mais propensos a fraturas.

A especialista conta que as mulheres apresentam um risco maior de desenvolver a osteoporose, devido à interrupção hormonal que ocorre na menopausa. No entanto, alerta que homens e crianças também podem sofrer com o problema. “Doenças crônicas, como lúpus, artrite reumatoide e o uso crônico de medicações como corticoide, podem fazer com que a criança tenha osteoporose”, esclarece Soraya.

Em geral, a doença só é diagnosticada após a primeira fratura ou quando o indivíduo realiza a densitometria óssea. Este exame é indicado para mulheres a partir dos 65 anos de idade e para homens a partir dos 70 anos. No entanto, em pessoas que apresentam fatores que comprometem a estrutura óssea, como menopausa precoce, tabagismo, etilismo e uso de corticoide por tempo prolongado, o exame deve ser antecipado.

A médica alerta para as regiões mais afetadas pela osteoporose: a coluna lombar, o quadril e o colo do fêmur; informa também que a doença não tem cura, mas pode ser controlada com o tratamento adequado.

Os ouvintes podem enviar sugestões de temas e comentários para o e-mail: ouvinte@usp.br.


Saúde sem complicações

Produção e Apresentação: Mel Vieira
Coprodução e Edição: Rádio USP Ribeirão Preto
Edição: Rita Stella
Coordenação: Rosemeire Talamone
E-mail: ouvinte@usp.br
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS
 

.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.