Momento Cidade #61: Como os sírio-libaneses fizeram da cozinha seu refúgio em São Paulo?

Nesta edição, a entrevistada é Laís Rossati Al Noufal, autora da tese “O refúgio na cozinha: como a integração da comunidade síria contemporânea configura uma São Paulo de saborosas portinhas”, defendida na Faculdade de Saúde Pública da USP

Por
Momento Cidade - USP
Momento Cidade - USP
Momento Cidade #61: Como os sírio-libaneses fizeram da cozinha seu refúgio em São Paulo?
/

Para entender como e por quais motivos a cozinha se tornou um refúgio para imigrantes de origem árabe na capital paulista, o Momento Cidade desta semana entrevista a pesquisadora Laís Rossati Al Noufal, autora da tese O refúgio na cozinha: como a integração da comunidade síria contemporânea configura uma São Paulo de saborosas portinhas, orientada pela professora Maria da Penha Costa Vasconcellos e defendida na Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP.

Durante a pesquisa, Laís procurou entender como refugiados oriundos da primavera árabe de 2011 vivem na maior cidade brasileira. Forçados a fugir para um país com uma cultura completamente diferente, os refugiados de origem sírio-libanesa não apenas utilizaram sua culinária típica para manterem laços com sua terra natal, mas também para melhor se integrarem com a cidade que os acolheu.

A tese completa pode ser acessada neste link.

Ouça o podcast na íntegra no player acima. Siga no Spotify, no Apple Podcasts ou seu aplicativo de podcast favorito.

Ficha técnica

Reportagem: Caio César Pereira
Produção: Denis Pacheco
Composição Musical e Edição de Som: André Leite, Angélica Peixoto e Guilherme Fiorentini


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.