Fake News Não Pod #12: É fake que as máscaras não funcionam e dificultam as trocas gasosas

Artigo científico revelou que máscaras de pano podem atuar como uma barreira física, impedindo as grandes partículas contendo sars-cov-2 de adentrarem as nossas vias respiratórias, mas não protegem contra partículas menores; sair de casa com alguma proteção é melhor do que nada

Jornal da USP
Fake News Não Pod #12: É fake que as máscaras não funcionam e dificultam as trocas gasosas
/

No dia 1º de abril de 2020, o então Ministro de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, mudou as orientações sobre o uso de máscaras. As consequências dessa mudança e o aparecimento de várias fake news sobre o uso de máscaras são o tema do podcast Fake News Não Pod desta semana, que tem texto de Vitor Venâncio e apresentação de Laura Colete Cunha.

O acessório, tão comum em nossa rotina atual, chegou a ser contraindicado para a população em geral. O motivo era a falta de máscaras para os profissionais da saúde. Se apostou então no uso das máscaras de pano, aliado a outras estratégias também conhecidas de proteção, como a lavagem de mãos e o distanciamento social.

Essa aparente mudança de conduta foi alvo de muitas críticas ao passar de quase um ano, com alguns grupos dizendo que a máscara não funcionava ou dificultava as trocas gasosas. E o que podemos dizer sobre isso?

Baseado no artigo de Sui Huang, a máscara de pano poderia atuar como uma barreira física, impedindo as grandes partículas contendo sars-cov-2  de adentrarem as nossas vias respiratórias. Esse tipo de máscara infelizmente não protege contra partículas menores, chamadas de aerossóis. O artigo revelou que máscaras de pano são pouco eficazes se comparadas às recomendadas máscaras hospitalares e N95. Porém, sair de casa com alguma proteção é melhor do que nada. Reforçando sempre que a máscara deve estar combinada a outras estratégias já citadas: distanciamento social e lavagem regular de mãos, por exemplo.

Sobre as trocas gasosas, a mestranda e divulgadora científica Laila Blanc afirma que as moléculas de oxigênio e gás carbônico são muito menores que os poros da máscara, conseguindo vencer a barreira mecânica gerada pelo seu uso, portanto, é cientificamente comprovado que não há acúmulo de gás carbônico nem variações no nível de oxigênio no sangue.

A sensação de sufocamento pode acontecer, mas ela pode estar relacionada com a ansiedade em ter algo tampando sua via respiratória, parecida com a ansiedade que algumas pessoas têm ao entrar em elevadores. Respirar fundo, com calma, e não acreditar em notícias falsas podem ajudar! 

Vamos nos proteger. Se puderem, fiquem em casa! Se saírem, usem máscara!


Fake News não Pod
Produção: Vydia Academics, Pretty Much Science (PMScience),
Projeto: João Fake News (bit.ly/JoaoFakeNews).
Roteirista e apresentadora: Laura Colete Cunha
Edição: Rádio USP Ribeirão Preto
Coordenação geral: Rosemeire Talamone e Cinderela Caldeira 

 

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.