De Papo Pro Ar #8: Pandemia travou telenovela sobre Carlos Gomes, diz Júlio Medaglia

Projeto do maestro busca valorizar o compositor mais executado no Scala de Milão depois de Giuseppi Verdi

Jornal da USP
Jornal da USP
De Papo Pro Ar #8: Pandemia travou telenovela sobre Carlos Gomes, diz Júlio Medaglia
/

Um projeto elaborado pelo maestro Júlio Medaglia e aprovado pela Rede Globo de Televisão – uma telenovela sobre o compositor brasileiro Carlos Gomes (1836-1896) – teve que ser adiado por causa da pandemia de covid-19.

Foi o que Medaglia revelou em entrevista ao radialista Cido Tavares no programa De Papo Pro Ar, da Rádio USP (93,7 MH). De acordo com o projeto do maestro, a novela – com texto de Maria Adelaide Amaral – contaria a trajetória do compositor desde o seu nascimento, em Campinas (SP), até a glória que alcançou na Europa, incluindo gravações nos principais teatros europeus.

“Depois da estreia de O Guarany, em 1870, Carlos Gomes tomou conta da ópera na Itália e na Europa e foi o compositor mais executado no Scala de Milão depois de Verdi”, destacou Medaglia, lembrando ainda que o compositor foi professor dos grandes mestres da ópera do final do século 19, entre eles Giacomo Puccini (1858-1924). “Mas o projeto não foi engavetado. Esperamos retomar depois que passar toda essa praga que caiu em cima da nossa cabeça”, acrescentou. “Vamos recolocar Carlos Gomes no lugar que ele merece.”

Ouça no link acima a íntegra do programa.

De Papo Pro Ar é transmitido pela Rádio USP (93,7 MHz) sempre às sextas-feiras, às 18h30, inclusive via internet, através do site da emissora. Às quartas-feiras ele é publicado em formato de podcast na área de podcasts do Jornal da USP. O programa é produzido e apresentado pelo radialista Cido Tavares.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.