Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz celebra 120 anos de sua fundação

A cerimônia virtual contou com a participação de dirigentes, políticos e ex-alunos da Esalq

Por
Foto: Fabio Torrezan/PUSP-LQ

 

Uma cerimônia virtual, realizada no dia 3 de junho, marcou a comemoração dos 120 anos da fundação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), uma das unidades fundadoras da USP. O evento contou com a participação do reitor da USP, Vahan Agopyan, e do vice-reitor Antonio Carlos Hernandes, além de depoimentos de dirigentes da Universidade, políticos e pesquisadores.

A programação também apresentou homenagens, inaugurações, reverências e o lançamento dos livros Diferentes Abordagens sobre Agricultura Irrigada no Brasil: História, Política Pública, Economia e Recurso Hídrico e Diferentes Abordagens sobre Agricultura Irrigada no Brasil: Técnica e Cultura, frutos dos trabalhos da Cátedra Luiz de Queiroz, comandada atualmente pelo engenheiro agrônomo Alysson Paolinelli.

A Esalq nasceu em 1901, a partir do sonho de Luiz Vicente de Souza Queiroz, que doou a Fazenda São João da Montanha ao Governo do Estado de São Paulo para criação de uma escola agrícola. Até 1934, a instituição fez parte da Secretaria de Agricultura. A partir de então, passou a integrar a USP, como uma de suas unidades fundadoras. Considerada um centro de excelência, possui sete cursos de graduação. Já formou 15.488 profissionais, sendo reconhecida nacional e internacionalmente por sua contribuição nas áreas de ciências agrárias, ambientais, biológicas e sociais aplicadas.

Em 1964, a escola foi a primeira unidade da USP a implantar programas de pós-graduação. Até hoje foram 9.125 titulados, entre mestres e doutores. A forte inclinação que a Esalq possui para o ensino diferenciado e a pesquisa de qualidade está contemplada em 130 laboratórios instalados em 12 departamentos, em uma estrutura que emprega 669 profissionais, entre docentes e servidores técnico-administrativos.

Assista, a seguir, à integra do evento de aniversário da escola.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.