Peça baseada em texto do sueco Strindberg estreia em São Paulo

Formada pela USP, diretora do espetáculo é entrevistada no programa “Via Sampa”, da Rádio USP

  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  
A peça Senhora X, Senhorita Y – Foto: Divulgação / ArtePlural

Tendo como ponto de partida o texto A Mais Forte, do diretor sueco August Strindberg (1849-1912), o espetáculo Senhora X, Senhorita Y está em cartaz até 29 de setembro na Oficina Cultural Oswald de Andrade (Rua Três Rios, 363, Bom Retiro, em São Paulo), às quintas e sextas-feiras, às 20 horas, e sábados, às 18 horas. A entrada é gratuita.

O espetáculo tem direção geral e dramaturgia de Silvana Garcia e interpretação das atrizes Ana Paula Lopez e Sol Faganello e da performer sonora Camila Couto.

Senhora X, Senhorita Y é “o embate entre duas mulheres, tendo como enredo as questões que conformam e definem a mulher nos dias de hoje”, segundo o texto de divulgação do espetáculo. “A peça investiga aspectos muitas vezes contraditórios de inserção social e política feminina, de seus investimentos afetivos e dos agenciamentos simbólicos que a cercam.”

Formada em Direção Teatral pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, a diretora Silvana Garcia foi entrevistada no programa Via Sampa, da Rádio USP (93,7 MHz), no dia 4 de setembro, para falar sobre a peça.

Ouça no link acima a íntegra da entrevista.

  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados