Evento estimula estudantes do ensino médio a pensar as ciências forenses

“SBCF Jovem” será no dia 8 de setembro, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto

 05/09/2022 - Publicado há 1 mês
Por

Voltada para a participação efetiva e ativa dos alunos e professores da rede básica de ensino de Ribeirão Preto e região no oitavo Encontro Nacional de Química Forense (ENQFor) e no quinto Encontro da Sociedade Brasileira de Ciências Forenses (SBCF), a SBCF Jovem deste ano será no dia 8 de setembro, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. Esta edição, coordenada pela professora Márcia Mesquita Silva da Veiga, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, será marcada pela articulação entre ciência e educação.

O objetivo, segundo os organizadores, é promover ampla discussão interdisciplinar das ciências forenses, por isso a SBCF Jovem contará com a participação de 25 escolas e mais de 150 pessoas entre alunos e professores das redes pública e particular em palestras e oficinas sobre as ciências forenses e suas aplicações, baseadas em pesquisas científicas e tecnológicas, para uma sociedade mais justa. A novidade deste ano é a inclusão de uma oficina voltada aos professores: Ciências Forenses como Itinerário Formativo do Novo Ensino Médio, que vai ser desenvolvida pelo professor e perito criminal Tales Giuliano Vieira.

Desde 2018, a SBCF, criada, em 2013, por docentes do Departamento de Química da FFCLRP, inclui a comunidade escolar interessada em uma das áreas de conhecimento mais instigantes da atualidade, além de estudiosos e pesquisadores, em eventos na área das ciências forenses. A iniciativa, além de estimular no aluno o pensar científico envolvendo áreas básicas das ciências, proporciona a oportunidade de verificar na prática a aplicação da ciência na resolução de casos de investigação pericial na área forense, uma área instigante e que desperta muito interesse desde seus primórdios.

“Ao estender as ações acadêmicas e científicas da Universidade à comunidade escolar, valorizamos a produção coletiva do conhecimento, a parceria sempre fundamental entre os docentes da Universidade e das escolas da rede básica, ao mesmo tempo em que contribuímos para o fortalecimento das próximas gerações de cientistas de nosso país”, diz a professora Joana de Jesus Andrade, da FFCLRP, envolvida na iniciativa.

Mais informações: joanaj@ffclrp.usp.br


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.