Economia brasileira mantém crescimento

Todos os setores apresentaram resultados positivos; taxa de desemprego ficou estável é o que revela o Boletim Conjuntura Econômica de dezembro de 2019

A economia brasileira manteve crescimento no terceiro trimestre de 2019. Houve um aumento de 1,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. O resultado positivo tem sido recorrente, sendo o 11º nessa base de comparação.

Todos os setores da economia registraram resultado positivo, com maior destaque para o setor de agropecuária, com 2,1% de crescimento. Outro setor de destaque foi o de serviços com 1%, principalmente para informação e comunicação (4,2%) e comércio atacadista e varejista (2,4%).

A indústria também teve crescimento de 1%. Os destaques deste setor foram a construção civil, com 4,4%, e as indústrias extrativas, com 4,0%, influenciadas pela extração de petróleo e gás.

O consumo das famílias teve uma expansão de 1,9% no terceiro semestre, resultado de um aumento da massa salarial real. Os gastos do governo apresentaram uma queda de 1,4% durante o mesmo período.

Desemprego
A taxa de desemprego se manteve praticamente a mesma em relação ao trimestre anterior (11,6%), mas a população ocupada cresceu 0,5% em relação ao mesmo período e 1,6% em relação ao mesmo trimestre de 2018.

Alguns índices de confiança registraram aumento, como o do setor da construção, devido à melhora nas condições de acesso ao crédito. Outros, como o da confiança do consumidor, apresentaram uma leve queda em relação a outubro de 2019. O índice geral ficou em 3,27%, acima do valor registrado dos 12 meses anteriores.

As informações são do Boletim Conjuntura Econômica de dezembro de 2019, feito pelos pesquisadores Eduardo Teixeira e Francielly Almeida, com supervisão do professor Luciano Nakabashi da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (FEA-RP) da USP.

Por: Maria Paula Soeltl

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.