A covid-19 e o impacto da atividade física na saúde mental

Estudo envolve o Brasil e instituições da Espanha, Uruguai e Chile

Pesquisa na Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto (EEFERP) da USP lançou o questionário Respostas psicológicas e atividade física relacionadas ao surto de coronavírus (COVID-19) na população adulta no Brasil, coordenada pelo professor Átila Alexandre Trapé, em parceria com pesquisadores da Espanha, Uruguai e Chile. Segundo o professor, o interesse surgiu pelas profundas mudanças no estilo de vida das pessoas, com consequentes mudanças nos hábitos.

 “Com as respostas será possível verificar como está a saúde mental dos brasileiros neste momento de restrições na circulação de pessoas e de isolamento social. E, também, conhecer o nível de atividade física prévio, antes do surto de covid-19, se há alguma relação com as respostas psicológicas e se essa atividade se mantém nesse período”, acredita Trapé. 

O questionário traz perguntas sociodemográficas, sobre a saúde em geral e de um questionário internacional de atividade física, complementado com outras sobre atividade física mais atuais, além de duas escalas psicológicas, com situações relacionadas ao cotidiano das pessoas e ao evento da pandemia. 

A pesquisa tem aprovação do Comitê de Ética da EEFERP e espera respostas de brasileiros com 18 anos ou mais. Para participar, basta acessar o questionário aqui

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.