Tecnologia Blockchain garante mais segurança ao mundo dos negócios

Ferramenta pode ser utilizada em diversos setores da sociedade para garantir transparência e eficiência

 19/10/2017 - Publicado há 4 anos  Atualizado: 20/10/2017 as 13:54

O especialista em qualidade de software e sistemas sociotécnicos, Lucas Lago, do Centro de Estudos Sociedade e Tecnologia (CEST) da Poli-USP, explicou a tecnologia Blockchain nas políticas públicas.

A ferramenta é um sistema de registros de dados que garantem a segurança das transações financeiras feitas por bitcoins. Também conhecido como ‘Protocolo de Confiança’, o mecanismo não depende dos bancos e do governo para definir o valor da moeda. A própria rede de algoritmos define as cotações.

Lago afirma que uma vantagem do Blockchain é que, diferente das bases virtuais comuns, não é possível apagar ou alterar o que foi catalogado no passado, o que garante maior segurança às operações do mercado. Além disso, a tecnologia pode ser empregada na proteção da propriedade intelectual e vem sendo usada para aperfeiçoar diferentes serviços da sociedade, como a saúde.

Para se aprofundar mais no assunto, o CEST promoverá, na próxima quinta-feira (26), um seminário aberto ao público sobre Blockchain aplicado às políticas públicas. O evento será no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT). Para inscrições e mais informações, basta acessar o site.

O Jornal da USP, uma parceria do Instituto de Estudos Avançados, Faculdade de Medicina e Rádio USP, busca aprofundar temas nacionais e internacionais de maior repercussão e é veiculado de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 9h30, com apresentação de Roxane Ré.

Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.