O mundo da tecnologia é bastante segregado e segregador

Glauco Arbix comenta a evolução das tecnologias, dando destaque à inovação na saúde

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os avanços da tecnologia no campo da saúde vêm aumentando o período de vida das pessoas, as doenças são curadas e a vida ganha cada vez mais qualidade. O problema é a distribuição desses avanços, que atingem de modo muito diferente a população. “São poucos os países que desenvolvem tecnologia e menos ainda os que têm acesso a ela”, afirma Arbix.

Um estudo inglês mostra como esse mundo da tecnologia é bastante segregado e segregador. Os impactos da tecnologia separam as pessoas por uma distância grande, tendo impacto na vida, na formação das pessoas, na estruturação das escolas. O abismo pega as pessoas, as empresas, países mais desenvolvidos e em desenvolvimento. O estudo aponta algumas sugestões: educação renovada, sintonia com o mercado de trabalho, com o futuro e não com o passado.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •