Má alimentação também contribui para problemas na visão

Professor Eduardo Rocha fala sobre hábitos alimentares que podem ser prejudiciais à saúde ocular

  • 153
  •  
  •  
  •  
  •  

Na coluna Fique de Olho desta semana, o professor Eduardo Rocha fala sobre os riscos que a má alimentação pode causar para a visão. Ele lembra que a maioria das pessoas não precisa de suplementos alimentares, basta uma dieta medida e variada para repor os nutrientes necessários para renovar os tecidos da visão.

O professor abordou três elementos que compõem uma má alimentação e podem fazer mal à visão:  o excesso de açúcar e carboidratos, uma vez que o diabete é uma das grandes causas de cegueira; os derivados de álcool, que em uso exagerado e repetido pode ser tóxico para o nervo óptico e fazer com que olhos perfeitos tenham a atrofia do seu nervo; e as verduras mal lavadas e carnes malcozidas, que podem transmitir toxoplasmose, que causa inflamação ocular, e ainda alerta: “As mães em gestação devem ter cuidado ainda maior”.

Rocha ainda lembra da inflamação crônica com prejuízo na visão ocasionada pelo descuido e prática repetida de sexo sem proteção. “A proteção ainda é o melhor tratamento.” Ouça acima, na íntegra, a coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 153
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados