Jogo ajuda no combate à disseminação de notícias falsas

Pesquisadores da Universidade de Cambridge afirmam que jogadores têm 21% a mais de possibilidade de rejeitar notícias falsas

Nesta edição de sua coluna, o professor Glauco Arbix comenta o tema das fake news, ou melhor, discorre sobre uma proposta de combate à disseminação de notícias falsas. Trata-se do jogo Bad Newsdesenvolvido por pesquisadores da Universidade de Cambridge (Inglaterra), que afirmam que seus jogares têm 21% a mais de possibilidade de rejeitar notícias falsas.

“Não há muito remédio que resolva a situação (das fake news), mas houve uma tentativa muito interessante: foi lançado um jogo nos Estados Unidos e na Europa”, comenta o professor sobre o Bad News, e continua: “É um joguinho simples, o objetivo é manter sua credibilidade. Para isso, antes de divulgar uma notícia, o jogador precisa checar suas fontes, confirmar se aquela notícia é verdadeira”. No fundo, o jogo ajuda na educação do usuário, quando o assunto é compartilhamento de fake news.

Ouça, no player acima, a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •