Crianças podem ter Acidente Vascular Cerebral

Octávio Pontes Neto explica que 50% dos casos de AVC em crianças são isquêmicos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Nesta semana, o professor Octávio Pontes Neto alerta que as crianças também podem ter Acidente Vascular Cerebral (AVC), apesar da maior incidência ser em pessoas com mais de 50 anos. O AVC pode ser dividido entre isquêmico, que é o entupimento de artérias que levam sangue ao cérebro, e hemorrágico, quando há ruptura de um vaso. Nos adultos, 80% dos casos são isquêmicos, enquanto nas crianças esse índice é de 50%.

Entre as causas do AVC infantil estão as doenças do coração ou infecciosas, como catapora, anemia falciforme, anomalias congênitas, inflamação dos vasos do sistema nervoso central e também uso exagerado de descongestionante nasal. O diagnóstico é mais difícil, diz o professor, porque a família e os médicos normalmente não pensam na possibilidade do AVC na criança. Ouça acima, na íntegra, o comentário do professor Octávio Pontes Neto.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados