Mapeamento apresenta principais atividades de cultura e extensão da USP

As ações estão catalogadas de acordo com sua unidade e aparecem com seu título e coordenador, além da descrição de suas atividades e do motivo pelo qual foi considerada destaque pela publicação

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
20161213_PRCEU_projetos
Detalhe da capa da publicação, que traz uma síntese das informações e uma análise geral dos projetos de cultura e extensão da USP

.

A Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária da USP disponibiliza o catálogo que reúne indicadores das atividades de cultura e extensão realizadas durante o ano de 2015.

Com o objetivo de identificar os projetos de cultura e extensão das unidades de ensino, centros, institutos especializados, museus e órgãos, a publicação, que está em sua segunda edição, realizou um mapeamento das atividades, considerando critérios como alcance; relevância; impacto; integração com ensino e pesquisa; inovação e outros.

A finalidade da análise é permitir uma visão mais qualitativa das atividades praticadas no âmbito da cultura e da extensão, considerando a relevância das atividades para quem as pratica.

Segundo Marcelo de Andrade Roméro, pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária da USP, “em uma universidade como a nossa, de grandes dimensões e enorme pluralidade, é de fundamental importância a sistematização e a matematização de suas ações, que irão auxiliar os órgãos de gestão nas suas tomadas de decisão. Além disso, este documento é um retrato da grandeza das atividades de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo”.

Este documento é um retrato da grandeza das atividades de Cultura e Extensão da Universidade de São Paulo.

As ações catalogadas, que não envolveram somente a comunidade USP como também a comunidade externa à Universidade, estão classificadas no catálogo de acordo com sua unidade e aparecem com seu título e coordenador, além da descrição de suas atividades e do motivo pelo qual foi considerada destaque pela publicação.

Da Divisão de Comunicação Institucional da PRCEU

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados