USP e Secretaria Estadual de Educação lançam programa “Vem pra USP!”

O objetivo é desenvolver ações para incentivar o acesso dos estudantes da rede pública aos cursos de graduação da Universidade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Dirigentes da USP e da SEE participaram do evento, que também contou com a presença de estudantes da Escola Estadual Ítalo Bettarello (Foto: Cecília Bastos/USP Imagens)

A USP e a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE) assinaram, no dia 19 de junho, um protocolo de intenções para a criação do programa “Vem pra USP!”.

A iniciativa tem como objetivo o desenvolvimento de ações para incentivar o acesso de estudantes da rede pública de ensino aos cursos de graduação da Universidade.

Alunos e alunas do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio poderão participar do programa, que consistirá em uma competição de conhecimentos.

Os mais bem avaliados na competição receberão um certificado especial da Universidade e poderão participar de aulas preparatórias para o vestibular e de monitoria de estudos on-line, de acordo com o ano que estiverem cursando. As atividades, elaboradas por professores do cursinho popular da Escola Politécnica (Poli) e do Instituto de Matemática e Estatística (IME), serão desenvolvidas no sistema e-Aulas da USP, que é o serviço web de conteúdos educacionais em mídia digital produzidos pela Universidade.

Além disso, os estudantes do 3º ano receberão isenção da taxa de inscrição do Vestibular da Fuvest e terão acesso à USP e aos institutos de pesquisa, por meio de visitas guiadas, para que possam conhecer a rotina dos cursos de graduação.

Competição

A Competição USP de Conhecimentos será organizada pela Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) e terá duas fases. A primeira consistirá em uma prova on-line com questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais e atualidades.

Os estudantes com melhor desempenho nessa etapa passarão para a segunda fase, que acontecerá presencialmente nas unidades do programa “Escola da Família” da SEE, em regiões definidas previamente. A prova desta fase terá 45 questões de múltipla escolha nas áreas de matemática (15), português (15), ciências (10) e conhecimentos gerais (5).

A previsão é que as inscrições sejam abertas no segundo semestre e as provas sejam aplicadas no mês de setembro. A expectativa para o programa é a que ele envolva os mais de 1,5 milhão de estudantes matriculados no ensino médio da rede pública do Estado de São Paulo.

(Da esq. p/dir.) O pró-reitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes; o reitor Marco Antonio Zago e o secretário de Educação, José Renato Nalini, na assinatura do documento que firmou a parceria (Foto: Cecília Bastos/USP Imagens)

Valorização

Na abertura da cerimônia, coube ao pró-reitor de Graduação da USP, Antonio Carlos Hernandes, que coordena o projeto, fazer a apresentação do programa. O pró-reitor destacou que um dos principais objetivos do “Vem pra USP!” é a valorização dos estudantes das escolas públicas.

Para o reitor Marco Antonio Zago, “um dos principais limitantes é a [pequena] quantidade de alunos de escolas públicas que se inscrevem no Vestibular. Queremos trazê-los para a Universidade e este é um passo importante”.

O secretário Estadual de Educação, José Renato Nalini, avaliou o projeto como “audacioso” e ressaltou a importância da parceria com a Universidade. “Estamos aproximando realidades que precisam conviver entre si, dando a oportunidade para os estudantes ingressarem em uma das melhores escolas do mundo”, considerou.

Dirigentes da USP e da SEE participaram do evento, que também contou com a presença de estudantes da Escola Estadual Ítalo Betarello, localizada na zona norte de São Paulo. A escola foi batizada em homenagem ao professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados