Edusp é homenageada pela Associação Brasileira de Críticos de Arte

A Edusp foi um dos destaques na premiação da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) que aconteceu ontem, dia 13 de maio. Também foram homenageados a Edições Pinakotheke e o Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
O diretor da Edusp, Plinio Martins Filho, recebe o prêmio de “Destaque no desenvolvimento e na divulgação da cultura brasileira”, concedido à Edusp pela ABCA

A Editora da USP (Edusp) foi um dos destaques na premiação da Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) que aconteceu terça-feira, dia 13 de maio, no Sesc Vila Mariana, pela sua atuação no desenvolvimento e na divulgação da cultura brasileira. Também foram homenageados a Edições Pinakotheke e o Centro de Pesquisa e Formação do SESC São Paulo.

Como explica o diretor da editora, Plinio Martins Filho, “a Edusp publica obras de reconhecidos especialistas de todas as áreas do conhecimento, e dentre eles, atenção especial tem sido dada aos livros de arte, publicando trabalhos sobre os mais importantes artistas brasileiros: escritores, pintores, gravadores, compositores, arquitetos. As Coleções Artistas da USP e Artistas Brasileiros, ao lado da Coleção Texto & Arte dedicada a textos de crítica de arte, iniciadas nos anos de 1990, ou ainda os livros dedicados à análise da obra de artistas renomados como o recém-publicado ‘Marcello Grassmann 1942-1955’, representaram um marco entre as editoras universitárias brasileiras. A homenagem da Associação Brasileira de Críticos de Arte, a mais antiga associação brasileira de profissionais da área das artes visuais, comprova o acerto dessa linha editorial”.

Criado em 1978 e concedido anualmente, o prêmio reconhece artistas, curadores, críticos, pesquisadores e instituições que mais contribuíram na área das artes visuais brasileiras. Nesse ano, foram agraciados os críticos Jacob Klintowitz e Sheila Leirner, o pesquisador Raul Córdula, os artistas Daniel Senise e Carlos Vergara, a curadora Verônica Stigger, o Centro de Arte Contemporânea Inhotim, entre outros.

Associação Brasileira de Críticos de Arte (ABCA) é a mais antiga associação de profissionais das artes visuais no Brasil, tendo sido fundada em 1949, no Rio de Janeiro. Com o objetivo de promover a aproximação entre os profissionais que atuam nessa área, incentivar a pesquisa e a reflexão, não apenas sobre as artes visuais, mas sobre a educação e a cultura brasileira, a ABCA também procura cooperar com instituições e entidades que tenham objetivos semelhantes.

(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados