Seminário aborda as relações entre ambiente e cultura

Evento ocorre nesta sexta-feira, dia 27, às 9 horas, na Cidade Universitária

Por - Editorias: Cultura - URL Curta: jornal.usp.br/?p=162684
  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
Reserva ecológica da Cidade Universitária, em São Paulo: seminário abordará temas ligados a história ambiental, patrimônio cultural e natural, memórias regionais, saberes tradicionais, fotografia e cultura visual – Foto: Divulgação / Prefeitura do Campus da Capital

Nesta sexta-feira, dia 27, o Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP sediará o 6º Seminário de História Ambiental – Meio Ambiente e Cultura. O evento contará com a presença de pesquisadores que vão debater as relações entre ambiente e cultura por meio do enfoque historiográfico. Com início previsto às 9 horas, as inscrições podem ser realizadas via e-mail. A conferência é organizada pelo Grupo de Trabalho em História Ambiental de São Paulo, coordenado pelo professor Janes Jorge, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). 

“Nosso cronograma foi pensado tendo como eixos estruturadores a interdisciplinaridade. Assim, o evento reúne trabalhos de vários níveis, da iniciação científica ao pós-doutorado, relacionados ao tema da história ambiental, patrimônio cultural e natural, memórias regionais, saberes tradicionais, fotografia e cultura visual, entre outros”, revela Felipe Bueno Crispim, que faz parte da coordenação e comissão científica do seminário.

Como sempre, os participantes são selecionados a partir da análise do resumo das comunicações a serem apresentadas. Os palestrantes de cada seminário são escolhidos conforme a temática do evento e o local onde ele está ocorrendo. Para este seminário, foi convidado o professor e pesquisador em antropologia do IEB Stelio Marras. Ele trabalha a questão ambiental a partir de um enfoque no qual muitos historiadores ambientais não estão muito familiarizados.

“O professor Stelio falará sobre as ideias da filósofa belga Isabelle Stengers e as comunicações discutirão temas variados, que vão da análise de fontes – literárias, fotográficas e historiográficas – a fenômenos sociais e à participação popular, todos em alguma medida relacionados ao ambiente e à natureza”, esclarece o professor do IEB Jaime Tadeu Oliva, que faz parte do Grupo de Trabalho em História Ambiental de São Paulo.

Oliva também adianta qual será sua abordagem no seminário: “Farei uma apresentação polemizando sobre as descrições de paisagens visualizadas de uma zona de fronteira entre a América portuguesa e espanhola nos séculos 16 e 17. Singularmente, falarei sobre a representação de paraíso e inferno implícita nessas narrativas e como essas imagens ainda são presentes em nossas percepções da paisagem”.

O 6º Seminário de História Ambiental – Meio Ambiente e Cultura acontecerá no Auditório 1 do IEB – Espaço Brasiliana, localizado na Avenida Professor Luciano Gualberto, 78, Cidade Universitária, em São Paulo. O evento é gratuito e as inscrições devem ser feitas através do e-mail anpuhsphistoriaambiental@gmail.com ou no próprio local. Para ter acesso à programação completa, clique aqui.

 

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados