Exposição mostra fotos antigas que contam histórias novas

Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos da USP expõe o trabalho de narrativas visuais da artista Cecília Gushi

Por - Editorias: Cultura
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Intervenções em memórias impressas: Uma linha vermelha alia o passado e o presente
Intervenções em memórias impressas: uma linha vermelha alia o passado e o presente

Contar novas histórias realizando intervenções em fotografias de antigos álbuns de família. Com esse foco, a artista Cecília Gushi apresenta a mostra Amarras: Narrativas Visuais de uma Memória Genealógica, na Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP. Até o dia 22 de setembro, os visitantes poderão observar três séries que utilizam antigas imagens e uma só de fotos recentes e autorais.

“O projeto Amarras tem como meta fazer um resgate pelas minhas origens, em parte orientais, em parte ocidentais. Procurei tratar o choque cultural resultante desse encontro, bem como buscar e entender a minha identidade como mulher e produto dessas relações e realidade contemporânea”, explica Cecília.

A artista ressalta que as investigações se basearam em experimentações a partir das matérias-primas coletadas, fragmentos constituintes da sua memória familiar. Reuniu fotografias, documentos, relatos, objetos e tecidos que se relacionam entre si. “São representações correspondentes à minha formação como indivíduo e detentora de uma identidade. Resgatar memórias para compreender minha própria construção identitária é responder aos questionamentos derivados dessa investigação genealógica.”

A exposição é resultado da pesquisa elaborada por Cecília Gushi ao longo do primeiro semestre de 2016, chamado Projeto Experimental em Artes Visuais. As fotos foram inseridas no catálogo de graduação em Artes Visuais pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde a artista se formou.

Intervenções em memórias impressas: Uma linha vermelha alia o passado e o presente
Projeto faz resgate das origens da artista
A artista recria as imagens com uma nova narrativa
A artista Cecília Gushi recria as imagens com uma nova narrativa
A artista recria as imagens com uma nova narrativa
Imagens recriam choque cultural entre o Ocidente e o Oriente
A exposição Amarras: Narrativas Visuais de uma Memória Genealógica fica em cartaz até 22 de setembro, de segunda a sexta-feira, das 8 às 22 horas, e aos sábados, das 8 às 12 horas, na Biblioteca da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP (Avenida Trabalhador São-Carlense, 400, São Carlos, SP). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (16) 3373-9207.
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados