Cientista político analisa eventual cassação da chapa Dilma/Temer

De acordo com André Singer, se a cassação chegar mesmo a ocorrer, o País estará numa situação complicada do ponto de vista institucional

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cab_andre_singer

logo_radiousp79000_zero

Na próxima terça-feira (4), deve ter início o julgamento do processo de cassação da chapa Dilma/Temer, tema desta semana da coluna do cientista político André Singer. Tudo indica, segundo ele, que o relator do processo, ministro Herman Benjamin, vai emitir voto favorável à cassação da chapa. Caso isso ocorra, o presidente Michel Temer teria de abandonar a chefia do governo federal. Nesse caso, o artigo 81 da Constituição prevê a eleição, pelo Congresso Nacional, de um novo presidente em 30 dias, na forma da lei. Ocorre, observa Singer, que não existe lei para isso, a não ser a que foi promulgada há décadas, ainda durante a ditadura militar.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados