Ensino de geometria molecular fica mais fácil com aplicativo desenvolvido na USP

Desenvolvida por pesquisador da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da USP, ferramenta de realidade aumentada permite a visualização e compreensão de representações tridimensionais das moléculas

 26/09/2022 - Publicado há 2 meses
Ferramenta facilita ensino e aprendizagem sobre geometria molecular – Foto: Divulgação/EACH-USP

.
Imagine poder interagir com modelos moleculares virtuais a partir de materiais realísticos como um mapa conceitual impresso. Isso é possível graças ao aplicativo desenvolvido com tecnologia de realidade aumentada por um doutorando da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP. A ferramenta didática conta com a organização de conceitos, representações bidimensionais e tridimensionais e seus arquivos estão disponíveis gratuitamente para o sistema Android neste link.

O aplicativo foi criado e desenvolvido no Programa de Pós-Graduação Interunidades em Ensino de Ciências na USP por Kleyfton Soares da Silva, que também é professor de Química do Instituto Federal de Alagoas. O trabalho contou com a orientação de Paulo Rogério Miranda Correia, professor da EACH e líder do Grupo de Pesquisa Mapas Conceituais.

Kleyfton Soares da Silva, pesquisador da EACH – Foto: Divulgação/EACH

Para desenvolver a ferramenta, o pesquisador considerou que havia a necessidade de aplicação de tecnologias digitais para que as aulas de química do ensino médio e superior fossem mais interativas. Chamado GeometriaMolecular-MapRA, o aplicativo faz parte de uma atividade pedagógica que promove a interação entre o estudante que possui um smartphone e um mapa conceitual impresso contendo os alvos a serem decodificados pelo aplicativo.

“Trata-se de um aplicativo Android de realidade aumentada desenhado para promover a aprendizagem de geometria molecular: um conteúdo comumente abordado no primeiro ano do ensino médio. O referido saber químico é considerado de difícil assimilação devido à necessidade de visualização e compreensão de representações tridimensionais”, explica o pesquisador.

Já o professor Paulo Correia destaca que o app inova na educação porque “integra o recurso de realidade aumentada a um recurso de aprendizagem (mapa conceitual) essencial para a organização do conhecimento”.

Clique no player e confira como funciona o aplicativo:

.
A pesquisa conduzida em sala de aula revelou que fatores emocionais e atencionais favoreceram a percepção espacial dos estudantes do grupo que estudou com um mapa conceitual com realidade aumentada, em contraste com o grupo que estudou com um mapa conceitual com moléculas 3D estáticas e apresentou desempenho inferior.

Modelos em realidade aumentada produzidos pelo aplicativo – Foto: Divulgação/EACH-USP

.
O app GeometriaMolecular-MapRA foi construído a partir das ferramentas digitais Unity 3D, Vuforia, Jmol e CmapTools; foi registrado no Inpi em 2021 sob mediação da Agência USP de Inovação. O app também foi premiado com honra ao mérito pela melhor apresentação da área de Ensino de Química na XIV Semana de Química da Universidade Federal de Catalão (GO) e ainda foi selecionado para ser apresentado no Show Room de Tecnologias USP by Santander 2022.

Para baixar o aplicativo clique aqui e siga as instruções do arquivo “leia-me.rtf”.

.

Texto adaptado da Assessoria de Imprensa da EACH 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.