Como lidar com o seu pet durante a pandemia do novo coronavírus?

O virologista Paulo Brandão, da FMVZ, tira dúvidas sobre cuidados com animais de estimação em meio à covid-19; confira o vídeo

O professor explicou que cães e gatos não são hospedeiros do novo coronavírus, ou seja, não o contraem e nem o transmitem – Foto: via Pixabay

O professor da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP Paulo Eduardo Brandão, virologista que pesquisa o coronavírus há mais de 20 anos, tira dúvidas e traz informações sobre como lidar com os pets durante a pandemia de covid-19.

No vídeo produzido pelo canal Luz, Câmera e Ciência VPS, Brandão informa que cães e gatos não são hospedeiros do novo coronavírus, ou seja, não o contraem e nem o transmitem. Esses animais possuem outros tipos de coronavírus que não infectam humanos.

Apesar disso, o especialista ressalta que alguns cuidados devem ser tomados, pois os animais podem ser carregadores involuntários do SARS-CoV-2, através do pelo e da coleira, por exemplo. Se você mora sozinho com seu animal de estimação, os dois devem ficar todo o período em quarentena. Já se você mora com outras pessoas e possui um ou mais animais de estimação, a pessoa em quarentena deve ficar isolada tanto do pet quanto das outras pessoas.

Com relação a animais exóticos, como répteis e anfíbios, o professor explica que esse tipo de animal não tem e não transmite o SARS-CoV-2, como também nenhum outro vírus da família coronavírus, que ficam restritos a aves e mamíferos.

Brandão também destaca a importância de não se usar vacina contra coronavírus para cães e bovinos. O coronavírus que infecta humanos é um “primo” geneticamente distante do coronavírus animal. Assim, essas vacinas não dão proteção contra a covid-19. Além disso, vacinas para animais e humanos possuem formulações diferentes, e podem causar efeitos colaterais.

Confira o vídeo completo:

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.