Risco de desenvolver Alzheimer pode ser reduzido

O professor Octávio Pontes Neto fala sobre os fatores que contribuem para o desenvolvimento da doença

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Nesta semana, o professor Octávio Pontes Neto fala sobre a prevenção da doença de Alzheimer, um transtorno neurodegenerativo que leva à morte das células nervosas do cérebro. Os pacientes com essa doença sofrem declínio progressivo de funções como memória, capacidade de raciocínio e linguagem.

Alguns fatores de risco estão associados ao desenvolvimento da doença. Entre eles, inatividade física, tabagismo, hipertensão arterial, depressão e baixo nível educacional. Assim, atividades de concentração e pensamento; palavras cruzadas; exercícios de memória; dieta saudável; controle da pressão; controle do diabete e colesterol e exercícios físicos podem contribuir para a prevenção do Alzheimer. Ouça acima, na íntegra, o comentário do professor Octávio Pontes Neto.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados