USP e Universidade do SUS lançam curso on-line gratuito para dentistas

Disponível também por aplicativo, curso criado pela Faculdade de Odontologia orienta tratamento de pacientes com comprometimento sistêmico

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

20161213_aplicativoFO.

O uso de aplicativos e de técnicas de ensino a distância tem crescido no Brasil e no mundo nos últimos anos. A modalidade é uma forma importante de aprendizado utilizada por órgãos públicos, instituições particulares e faculdades e representa uma ferramenta de atualização em diversas profissões.

Um exemplo disto é uma iniciativa da Faculdade de Odontologia (FO) da USP com a Universidade Aberta do SUS (Una-SUS) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Juntas, as entidades desenvolveram o curso de extensão on-line gratuito Odontologia para Pacientes com Comprometimento Sistêmico, lançado no início de dezembro. O conteúdo pode ser acessado pela plataforma da Una-SUS e também pelo aplicativo na biblioteca virtual Saite Store, na área temática “Odontologia”.

Voltado tanto a estudantes como profissionais formados, o curso fornece um panorama das características sistêmicas e formas de tratamento odontológico de pacientes com doenças renais crônicas, diabete e hipertensão. O curso é composto de uma carga horária de 45 horas e conta com recursos educacionais dinâmicos, como livros digitais, infográficos e jogos, entre outros.

.

Apresentação do aplicativo no Anfiteatro da Faculdade de Odontologia - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Apresentação do aplicativo no Anfiteatro da Faculdade de Odontologia – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.

A produção do conteúdo foi realizada pela Faculdade de Odontologia por meio do Centro de Atendimento a Pacientes Especiais (Cape), o Grupo de Estudos e Atendimento em Pacientes Especiais (Geape) – grupo do Cape voltado para crianças e adolescentes – e do Núcleo de Telessaúde, Teleodontologia e Centro de Produção Digital Edmir Matson. É o que explica Ana Estela Haddad, responsável pela ponte entre a USP e a UFMA.

Professora da FO e coordenadora do Núcleo de Teleodontologia, Ana Estela relata que a parceria foi possível pois na USP existia o interesse em divulgar o que era produzido e na instituição maranhense havia o conhecimento de como criar as ferramentas necessárias. “Eles [da Una-SUS/UFMA] tinham o know-how de como fazer aplicativos pelo Saite Store [loja virtual de e-books gratuitos da UFMA] e tínhamos, e ainda temos, interesse em trabalhar com parcerias nacionais e internacionais.”

.

Ana Estela Haddad, coordenadora do Núcleo de Teleodontologia da FOUSP - Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Ana Estela Haddad, coordenadora do Núcleo de Teleodontologia da FO – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.

“Pela experiência dos núcleos, do Cape e do Geape, a FO tinha entendimento da procura pela temática do tratamento odontológico para pacientes especiais. Ao longo do ano fomos trabalhando juntos e construindo o que apresentamos no dia 1º de dezembro [data do evento de lançamento no Anfiteatro da Faculdade]”, relembra a professora.

Para Ana Estela, o curso surge como mais uma forma de democratizar o conhecimento produzido no meio acadêmico, uma vez que qualquer um pode acessar as plataformas. No site é possível acessar conteúdos referentes a 12 temas de saúde e a única exigência para a inscrição é a realização de um cadastro a partir do CPF do usuário.

A Una-SUS foi criada em 2010 pelo Ministério da Saúde com a finalidade de atender às necessidades de educação e atualização de profissionais que atuam no SUS. Com o objetivo de trazer a resolução de problemas ao dia a dia dos funcionários, a entidade é composta de três frentes: uma rede colaborativa de instituições de ensino superior, o Acervo de Recursos Educacionais em Saúde (Ares) e a Plataforma Arouca, correspondente da categoria à plataforma Lattes.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados