Pró-reitor de Pesquisa comenta suspensão de auxílio para graduação no Ciência sem Fronteiras

Em 2017 as bolsas serão destinadas apenas para alunos de pós-graduação

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

logo_radiousp

Foto: Cecília Bastos/USP Imagens
José Eduardo Krieger, pró-reitor de Pesquisa da USP Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

 

 

 

O pró-reitor de pesquisa na USP, José Eduardo Krieger, comentou a extinção do Programa Ciência sem Fronteiras para alunos de graduação em entrevista  ao  repórter Fábio Rubira.

Ele apontou a importância do programa para a internacionalização do conhecimento e ressaltou que acredita importante priorizar os estudantes de pós-graduação e pós-doutorado.

O Programa Ciência sem Fronteiras, uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC),  que através do CNPq e Capes e  Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC  prevê a utilização de bolsas em quatro anos para promover intercâmbio – para que alunos de graduação e pós-graduação façam estágio no exterior – anunciou a extinção da verba para alunos de graduação.

 

 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados