“Cadernos de Filosofia Alemã: Crítica e Modernidade” lança nova edição

Escola de Frankfurt, Nietzche, Neumann e Freud estão entre temas e autores abordados na publicação

Por - Editorias: Ciências Humanas
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
O arquivo de Nietzsche em Weimar, Alemanha – Foto: Wikimedia Commons

A revista Cadernos de Filosofia Alemã: Crítica e Modernidade acaba de publicar sua primeira edição do ano (volume 22, número 1, 2017).

Neste número são abordadas a persistência do populismo autoritário nos Estados Unidos sob a ótica da Teoria Crítica; o liberalismo político; a teleologia em Kant e Rousseau; discute-se também se Nietzsche seria um heideggeriano, além de uma abordagem da democracia através dos Três Elementos da Liberdade contra as Patologias Sociais, de Franz L. Neumann.

Há ainda a tradução de conteúdos sobre o significado social dos direitos fundamentais da Constituição da Alemanha no período da República de Weimar (1918-1933); e sobre a chamada “Disputa de Davos”, que se deu entre Ernst Cassirer e Martin Heidegger. Por fim, a revista traz uma resenha do livro Filogênese na metapsicologia freudiana, de Fernanda Silveira Corrêa.

A publicação é realizada pelo Departamento de Filosofia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP. A revista completa pode ser acessada neste link.

Mais informações: e-mail filosofiaalema@usp.br

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados