Falhas de engenharia: livro analisa casos em transporte, saúde e energia

Livro analisa criticamente falhas de engenharia e a atuação das respectivas agências reguladoras no Brasil

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Livro traz uma análise crítica de falhas de engenharia em setores como transporte, saúde e energia. Na imagem, aeronave modelo Fokker 100, tema de uma das revisões – Foto: Public Domain via Rrekn / Wikimedia Commons

.
Pequenos acidentes estão presentes no cotidiano e podem acontecer a qualquer momento, seja por mau planejamento, desgaste de materiais e problemas em equipamentos ou no seu uso. Mas algumas vezes as falhas de engenharia têm grande impacto econômico e na vida das pessoas.

O professor Cesar Roberto de Farias Azevedo, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica (Poli) da USP, aborda a questão em Casos selecionados de análise de falhas, lançado no Portal de Livros Abertos da USP.

Para escrever a obra, ele agrupou onze artigos próprios, publicados no periódico Engineering Failure Analysis, os separou de acordo com o setor em que ocorreram as falhas (transporte, saúde e energia) e promoveu uma análise crítica de cada um dos artigos, mostrando a importância da documentação das falhas na engenharia.

As publicações do setor de transportes trazem dois casos de análise de falha de trem de pouso de aeronave Fokker 100, uma análise de falha de lâminas de cobre dos pantógrafos de trens do metrô e um estudo microscópico de uma roda ferroviária fraturada durante o transporte de minério de ferro.

Já os artigos do setor de saúde incluem uma análise de falha de um implante de titânio puro sem identificação do fabricante, um estudo microscópico de implantes de titânio puro após ensaios de fadiga em sérum e uma análise da comercialização de implantes ortopédicos metálicos no Brasil.

Por fim, as publicações do setor de energia apresentam uma análise de falha de cabo subcondutor de linha aérea de transmissão de energia elétrica da concessionária, que foi responsável pelo “apagão de 2002”; um estudo microscópico de cabos subcondutores de transmissão de energia após ensaios de fadiga , uma análise de falha de palhetas do último estágio de turbina a vapor de usina termelétrica e uma análise de falha de trecho de oleoduto.

Foto: Reprodução / Portal de livros abertos da USP

De acordo com o autor, a análise crítica de cada publicação mostrou a importância da boa documentação microscópica, que proporcionou, em alguns casos, nova interpretação dos resultados e melhor entendimento dos mecanismos de falha. Já a análise do conjunto de falhas de cada setor permitiu tecer alguns comentários sobre a atuação das respetivas agências reguladoras no Brasil, de modo a reduzir efetivamente o número de falhas e melhorar a qualidade dos serviços prestados aos cidadãos.

Em seu prefácio à obra, Eduardo Albertin, ex-diretor da Divisão de Metalurgia e pesquisador do Centro de Tecnologia em Metalurgia e Materiais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), destaca:

“Na revisão dos casos, todos relacionados com áreas com grande potencial de impacto social, como transporte público, energia e saúde, o autor descobre e discute eventuais omissões, dúvidas e possibilidades de interpretações de resultados. E sugere em cada caso como a sociedade poderia beneficiar-se mais dos resultados apresentados se as empresas e órgãos reguladores dessem mais consequências às recomendações decorrentes das análises.”

Casos selecionados de análise de falhas pode ser baixado gratuitamente no Portal de Livros Abertos da USP.

Mais informações: e-mail c.azevedo@usp.br, com o autor

.

.

.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados